5 de abril de 2011

Desmitificando a Disney: Hércules



Estou hoje aqui para iniciar uma nova “sessão” de textos que tem como principal objetivo acabar com toda a magia que o Walt Disney dedicou sua vida elaborando. Vou escrever ‘um texto sim, um não’ sobre algum clássico, para não cansar vocês (ou cansar mais!).
Vou começar com um de meus filmes preferidos da Disney, já que estou estudando mitologia grega e comecei a ver o filme de outra forma... (Aliás, fico devendo uma postagem pra botar na roda a verdadeira putaria que era no Olimpo!)

Queria começar mandando um grande “vaitomanocu” para as dubladoras das musas que já começam o filme arrasando na linha Billie Holiday.
Vou fazer algumas consideraçõezinhas que acho importante, e espero realmente que todos já tenham assistido Hércules pelo menos uma vez na vida.

A primeira é que os pais mortais do herói contam para ele só quando ele está com 18 anos que ele foi encontrado na lata de lixo (coisa comum no Brasil, mas na Grécia isso vira tragédia... grega.) e ele nem caiu no crack. Ah tá!

Descobre então que é filho de um Deus e conhece um cavalo alado gay metido a engraçadão, o Pegasus. (Aquele do ‘Age of Mythology’, para os nerds.”)

Hera, a deusa loira chifruda, na verdade não era mãe de Hércules, porque esse era filho de uma mortal com Zeus, que era ‘pinta brava’, como diria minha avó. Mas no desenho não existe traição, então ele é filho da cornuda SIM!



Fica então amigo de um Pã (vulgo, estuprador de ninfas – não confunda com ninfetas) que treinou Aquiles (é, o Brad Pitt de bunda de fora do filme Tróia), chamado Philoctetes, ou “Phil” para os íntimos e safadões. E QUE É UM DOS MELHOOOORES PERSONAGENS DA HISTÓRIA DA DISNEY!!!!!!!!!!!!!



Abro um parênteses para os comentários do homem-bode que, para mim, chegam ao nível do Sr. Cabeça de Batata, do Toy Story:

“Já trenei Perseu, Teseu, um bando de Eus!” – Phil se apresentando indiferentemente.
“Mas aquela droga de calcanhar!!!!! Foi só tocar ali e pronto... já era!” – Phil debochando do grande mito do ‘calcanhar de Aquiles’
“Ai, que bode!” – Phil depois de correr pra caralho ao tentar alcançar Hércules.
“Quer parar de cortar essas cabeças!!!!!!!!!!!” – Phil nervosinho sobre a Hidra de Lerna, monstro que tem as cabeças que se regeneram.
Enfim, só quem conhece o figurazinha (ou a voz dele, que está em todos os cantos da Terra. Vide post das dublagens) sabe do que eu to falando.No estilo Hakuna Matata, Hércules se torna o fodão no tempo de apenas uma música. Vai então para Tobas... digo, Tebas! Onde torna-se um herói e blá blá blá. Grande coisa! Vai morrer de overdose, segundo o Cazuza.

Concluindo: se não fosse um disco de fresbee e um adolescente punheteiro semi-deus e desengonçado teríamos mais um patrimônio da Grécia antiga para visitar. (...) E ‘ai’ do Scar se o Hércules fosse personagem do Rei Leão.

Malu Paixão, aniquilando sua infância, de post em post.

Aguardem o próximo... video

16 comentários inúteis:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Uhauhauhauhauahuah! Esqueceu de dizer que "Hera ficou FURIÓÓÓSA" auhuahauhauha

    Genial!

    MUITO Bom Malu!

    Próximo tem que ser da "Orgia Olimpica" e tem que ter um dos Principes... O Necrófilo, o Podólatra!

    Beijos TPMalu!

    ResponderExcluir
  3. hahahaha com certeza. Já falei que o post da putaria grega existirá. não sei quando, mas vai ter!!!
    Vlw gente!!!

    ResponderExcluir
  4. Ainda acho que o melhor personagem é o Hades. Aquela porra de fogo azul na cabeça, véi, é DEMAIS. hasuhusaas
    Belo post!

    Bjooo

    ResponderExcluir
  5. Olha o sentido da vida desta criatura... Aniquilar com a minha infância! hausuahsuahsuah

    ResponderExcluir
  6. hahahahah Maluu vc é DIVA....

    mtoo bom

    tenho ate medo do q vc vai fazer com a pequena sereia...eu adoro aquele filme...

    bjuss lindaa

    ResponderExcluir
  7. Hahahahaa temos mtos pela frente ainda... A pequena sereia, O Rei Leão, o corcunda de notre dame... aguardem!...

    ResponderExcluir
  8. tanto Hercules, quanto Tarzan da Disney não me agradaram nem um pouco, pois eu já conhecia a história original (ta, no caso do hercules, minha mãe leu pra mim qdo euera criança, o livro do Monteiro Lobato. mas que seja!)
    a Disney CAGOU TUDO!

    tem horas que vc ama a disney pela infancia linda q vc teve, mas tem horas q vc simplesmente tem raiva por eles sairem por ai contando pra todo mundo uma mentira (como aconteceu comigo - e com quase todo mundo - ao ver as primeiras adaptações de Harry Potter)

    Malu como sempre arrazando!! \o/

    ResponderExcluir
  9. Po, sou muito fã do personagem, tanto da mitologia grega, quanto do filme da disney, que praticamente foi o tema da minha infância.
    Mas devo admitir, li a "chamada" do seu texto e me interessei, mas não achei grande coisa suas observações...
    Pensei que seriam mais sérias, ou até mais "sujas", nem falou o quanto a Mégara era vadiazinha no filme e tudo o mais...
    Bom, só queria dizer que sou fã de vcs todas e do blog...

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Tá... Quase 1 mês depois, e vindo do outro artigo (do Rei Leao) pra fazer uma correção (não sei se sua ou da animação, porque nunca assisti Hercules [PASME HAUUHAUHA]).

    Existe uma raça de criaturas mitológicas chamadas sátiros, que são como meio-homens / meio-bodes. Pã é o deus selvagem da mitologia grega, e é o único deus do Olimpo que não é representado como um humano, mas sim como um sátiro.

    Mitologias alternativas fazem referências aos sátiros como "mensageiros de Pã".

    Tá, sou fascinado por qualquer tipo de mitologia politeísta, e também um nerd viciado em Age of Mythology. HAHAHA

    Bjos e ótimo artigo

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. http://big-lui.blogspot.com

    Estava procurando uma imagem de Pequena Sereia, acabei chegando no seu blog. Achei interessante e resolvi dá uma olhada nas outras postagens onde me deparei com essa que resolvi comentar.

    Bem... eu já conhecia a história do Hércules no original quando fui ver o filme: Tinha 16 anos na época e usei minha irmã de 9 anos como desculpa para assisti sem parecer retardado (naquele tempo ninguém via com bons olhos quem fosse ver desenho animados no cinema sem ser criança)

    Ao chegar lá, eu vi um monte de asneiras que a Disney alterou na história para deixar mais bonitinha e bobinha. Vejamos:

    1º Hades nunca foi inimigo de Hércules, pois o máximo de contato que ele teve com o fortão que me lembre foi para resgatar Teseu (aquele do Minotauro), quando brigou com A Morte (entidade) e realizou o último dos 12 Trabalhos, que era de trazer o Cão Cérberos para o Rei Euristeu.

    2º Filoctetes (ou Phil como foi descrito no desenho) era humano e não sátiro (metade homem e metade bode). Era amigo de Hércules onde juntos participaram na expedição dos Argonautas. Quando o semideus bombadão faleceu, ele ficou como herança com seu arco e flechas envenenadas. E ele não foi mestre de Hércules, pois quem foi eu vou dizer logo a seguir.

    3º Quíron era um centauro (metade homem, metade cavalo) e foi o verdadeiro mestre de vários heróis. Foi ele que treinou Perseu, Terseu, Jasão, Aquiles... e é claro o próprio Hércules. Pena que nem mencionado no desenho ele é.

    A cronologia heróica está muito troncha, pois colocou heróis que vem depois de Hércules antes. A correta seria assim:

    Perseu > Hércules > Terseu > Aquiles

    4º Como já foi dito na postagem, Hera não era mãe de Hércules. Além disso, ela era a principal inimiga dele, pois o semideus era a prova viva da traição de seu marido. Foi ela e não Hades que mandou 2 serpentes para assassinar o herói ainda criança. Então imagine como fiquei quando vi ela cheio de mimos para o ex-filho bastardo de Zeus.

    5º Se for levar em consideração os nomes gregos dos personagens, então o certo seria Héracles e não Hércules. Mas neste caso até passa, pois o nome romano é mais conhecido e também acho mais bonito.

    Tem mais erros, mas esses acho que já está bom.

    Naquela época eu era mais intolerante e ficava muito abusado com as mudanças, mas hoje nem ligo mais. Tanto que quando vi Tróia (aquele de Brad Pitt), nem liguei (muito) para as alterações que fizeram por lá e curti o filme numa boa.

    PS: Achei massa que você encerrou sua postagem com o vídeo de Caio Loki. Esse aí é um dos meus favoritos, he, he, he...

    ResponderExcluir

Vai, comenta! Não dói nada!