4 de fevereiro de 2011

Zona de Amizade



O post de hoje é mais focado nos nossos leitores homens, mas tenho certeza que você leitora, minha amiga de fé, minha irmã, camarada, vai se identificar em algumas (se não todas) as linhas desse texto. Se você não faz, ainda vai fazer um homem de idiota ao colocá-lo na zona da amizade. (Mas fique! Tem uma parte no final pra você.)



Deixe-me adivinhar. Existe essa garota, e ela é linda e perfeita (aos seus olhos, pelo menos). Você a conhece há séculos, ela te trata bem, vocês conversam por horas, riem das mesmas coisas, têm os mesmos gostos. Você realmente acha que vocês deveriam ficar juntos, se enche de coragem e a convida pra sair. Então ela diz aquelas palavras: “vamos ser só amigos”. BANG! Você está na zona da amizade.

Situação:
Ele: - Ei, nós somos amigos há tanto tempo, eu realmente gosto de você...
Ela: - Oh, eu também gosto de você...
Ele: *faz cara de surpresa com um sorriso idiota*
Ela: - ... como amigo.
Ele: FFFFFFFFFFFFUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU


Então meu caro amigo, isso é uma mania muito feia que nós mulheres temos. Mas eu vou te dar uma pequena luz:

Primeira coisa: a razão por você estar na zona de amizade.
- VOCÊ
Obviamente, isso é culpa sua. Provavelmente por que você nunca teve um "mentor" pra te ensinar como chegar nessas mulheres. Sua experiência sexual deve ser, de 0 à 10, algo em torno de 0... ou menos.
O problema com a maioria dos homens é o foco na existência DAQUELA garota. Cara, se o peixe não está mordendo a isca, é hora de recolher a sua varinha e ir pescar em outro lugar. Pra cada mulher que você achar que é a "escolhida", existirão outras quatro ou cinco que você encontrará em qualquer outro lugar, que cairão na mesma categoria.

- ELA
Muitos caras que estão presos na zona de amizade são completamente capacitados para outros “departamentos”. Aí a culpa é da mulher que você está mirando, que não está nada interessada e esqueceu de te avisar.
Mulheres possuem um mecanismo que quase sempre vai impedí-las de dizer pra um cara que ela não está interessada nele. Isso é muito, muito mal. Conheço mulheres que simplesmente dão um corte no cara logo de primeira, mas normalmente não é assim. (Por favor, mulheres do mundo, deixem os homens saberem quando vocês não estão afim ou eles nunca terão nem idéia.)
Algumas mulheres vão ser puramente egoístas por que elas sabem que você não vai fazer nada, já que está loucamente apaixonado por ela. Se você está pagando por uma merda que não deveria, isso não é bondade. É estupidez.

Enfim,  você tem duas opções nessa situação:

Opção 1: Fugir
Honestamente, essa é minha opção favorita.
Ignore-a. Dê o fora, corte contato, ou mantenha contato de longe, como amigo. Se você acha que ela é a "única", encontre algumas outras mulheres e após algumas horas de papo me diga se não está pensando a mesma coisa sobre cada uma delas. Não existe uma única "única".

Opção 2: Aguente e tome uma iniciativa
Se ela já tem namorado, gosta de outro, te contou isso e está pronta pra terminar, então você não tem chance, por favor volte à opção 1. Se você tem plena certeza que gosta dela o suficiente pra tentar mesmo assim... continue e boa sorte.
Primeiro, mude as coisas de entediante pra excitante. Se você só está no MSN ou falando por telefone, você precisa convidá-la para sair. Não quero dizer convidá-la com segundas intenções, só convidá-la para algum lugar. Vá ver um filme, tomar um café, etc. O importante é estabelecer uma conexão física. Pegar na mão, abraçar inocentemente... Tudo que você tem que fazer cada vez que encontrá-la é aumentar essa conexão. Se ela estiver interessada, ela vai deixando acontecer gradativamente, o que óbviamente vai levar um tempo. Mas se ela tiver certeza que você está dando em cima dela, ela vai te dar um fora bonito.
Se em algum momento ela se demonstrar incomodada com você a tocando... ela realmente não tá afim. Por favor, vá para a opção 1 e siga sua vida.

O importante nisso tudo é guiá-la para o que você quer, mostrar pra ela que vocês podem continuar sendo amigos e aproveitar os benefícios de uma relação física ao mesmo tempo.


A parte masculina do texto termina aqui. Agora, mulheres...

Primeiro, saiba que só nós temos amigos platônicos. Amizade platônica para o homem é uma mulher que ele ainda não conseguiu pegar. Para as mulheres solteiras e independentes, é o “quem sabe um dia” ou o “não quero estragar nossa amizade”, dependendo do naipe do amigo.
Já para as comprometidas, é o pênis numa caixa de vidro escrito “quebre em caso de emergência”. Provavelmente é com ele que você vai afogar as mágoas quando tiver uma briga com seu namorado/marido/affair, e acordar no outro dia morrendo de ressaca moral.

Por fim (e não menos importante), é realmente uma puta falta de sacanagem sair com um cara, fazê-lo pagar cafés, jantares e cinemas, agir como se estivesse interessada pra no final dizer que não gosta dele “desse jeito”. Quer dizer, depende do cara e... oh wait!
Vamos combinar, eles são uns canalhas, mas a gente gosta. Não custa ser menos filha da puta de vez em quando.



Boa parte do post foi inspirada no texto de stand up do Chris Rock

11 comentários inúteis:

  1. quando solteiro, eu nunca tive amiga mulher; e agora, casado, nem pensar...


    =D
    Marcos

    ResponderExcluir
  2. Textos de Alice Umbrella... instruem e mostram como somos perfeitos idiotas (principalmente quando estamos apaixonados).
    Outra diquinha 10 para homens apaixonados, quando você sair para afogar suas magoas,avise aos amigos ou a mamãe e peça para ser tratado como um usuário de craque, acorrentado no banheiro longe do e-mail, msn e com o celular enfiado nos confins do seu cu, para não desabafar o amor pela amiguinha, ficar numa situação patética e ter que desaparecer por uns tempos pra poeira do vexame baixar e deixar sua dignidade embaçadamente ligeiramente visível...

    (Não que eu já tenha passado por isso, claro, só uma suposição...)

    ResponderExcluir
  3. é, Kenny... conheço essa suposição aí... um amigo meu já passou por isso.
    juro que foi um amigo!

    ResponderExcluir
  4. Não consigo acreditar em nenhum de vcs 3!!

    ResponderExcluir
  5. A propósito, Alice, você dá conselhos amorosos a preço módico?

    ResponderExcluir
  6. É uma situação complicada... Porque eu acredito que a mulher realmente consegue gostar de um homem somente como amigo, mas o homem não sei, acho mais difícil... Muitas fazem por maldade mesmo, deixam o cara na reserva, sem se importar com os sentimentos do coitado. Mas às vezes não é egoísmo, é realmente uma incompatibilidade de sentimentos. É chato saber que alguém gosta de você e não conseguir retribuir da mesma forma... Acho que o negócio é sinceridade. Dizer a verdade, aceitar a verdade. E jamais abrir mão do seu orgulho, se alguém não quer sempre tem quem queira, não é? Enfim...

    Abraços!

    http://vivereler.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Puutz. então. Conheço um cara que conhece um cara que fez isso uma vez. Se deixou cair nessa de zona de amizade e ficou por um bom tempo tentando se convencer que melhor isso que nada. Mas aqui... me dê uma dica: Qual a melhor forma de eu... MEU AMIGO... cair fora e ainda ensinar uma lição pra guria? Aguardando resposta (pra falar pro meu amigo)

    ResponderExcluir
  8. Putz...eu realmente preciso, preciso, PRECISO...ser menos filha da puta....rs
    Obrigada pelo texto, Alice...vou pensar nele durante um bom tempo, até o meu remorso passar, kkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. As mulheres adoram ouvir elogios,adoram ser cortejadas por amigos,mesmo que não gostem deles.Nós é que somos trouxas e acabamos nos confundindo e nos apaixonando,afinal não escolhemos de quem gostar.Já as mulheres preferem aqueles homens que não estão nem aí para elas,que não fazem nem sequer um elogio,que fazem elas de gato e sapato,ou seja,a perfeita mulher de malandro.Mal sabem elas que podemos ser tão safados quanto eles...

    ResponderExcluir
  10. ah, eu sempre tive amigos homens. ta, já fiquei com alguns, mas qdo eu percebo q o cara ta dando em cima, e eu não to a fim, seja pelo motivo que for, dou uma distanciada.
    normalmente funciona

    ResponderExcluir

Vai, comenta! Não dói nada!