28 de outubro de 2010

Eu aqui, a Rita Lee.



CALMA! Não precisa sair do blog! Juro que tentarei fazer um texto melhor do que esse infame trocadilho do título (afinal não tinha como sair coisa pior mesmo)... ou não. Mas chega de CaetanoVelozísses. Desta vez meu alvo é outro.
Há quem chame de “vovó do rock nacional”; para mim, apenas mais um ídolo da infância que, diga-se de passagem, não foi lá muito convencional; o fato é que nós, pessoas comuns, filhos de Deus (♫ nessa canoa furada, remando contra a maré... ♪) não sabemos ao certo de que planeta saiu essa criatura e nem ao menos imaginamos os efeitos das drogas humanas nesse organismo pulsante. Sempre digo que se eu fosse uma pesquisadora científica deixaria os animaizinhos exóticos de lado e estudaria a Rita Lee. (...) Bom, mas se eu, com meu Q.I. menor que 70, fosse uma pesquisadora científica o mundo já estaria de cabeça para baixo e a Rita Lee seria normal... Ah! Estou CaetanoVelozando denovo.




Entre sacadas geniais como “suspenderam os Jardins da Babilônia...” ou “Se a Debora Kerr que o Gregory Peck...” temos simplesmente as MELHORES letras da mpb.
E profetizando a onda das paixonites teen por vampirinhos ‘emo’ (como o protagonista de Crepúsculo, por exemplo) temos a ultra-mega-master-blaster-sexy “Meu Doce Vampiro”, canção mais que louca e cheia dos “chalalá’s” de nossa diva. Não contente em apenas implorar verbalmente por uma chupadinha (entendam como quiser) nossa crazy girl fez jus ao seu desejo incontrolável assumindo uma imagem vampiresca. E sabe-se lá se isso foi proposital! E digo-mais: Rita Lee seduzia vampiros do gênero Drácula de Bram Stoker, PRA PIOR!.... Essa é macho! Mais macho que Maria Gadú e Cássia Eller pegando a Marlene Mattos no show da Ana Carolina! (...) Imaginaram né?


Para quem não sabe, lá pra década de 70 a vermelhíssima participou de um grupo chamado “Os Mutantes”, e até hoje não decidiu sua espécie. Mas entre inúmeras mutações, meus sucessos preferidos mesmo são os dela com ela mesma, e mais o cigarrinho do capeta, que não pode faltar nessa figura excêntrica, não?
Tenho que abrir uma coisa para vocês... – Oi?
... Sério. Um dos shows mais legais que fui na minha vida foi o da Rita Lee. Não pelo fato de eu ter sido encoxada com apenas 14 anos e ter arranjado briga com o amigo do segurança, ou por eu ter sido esmagada no palco, ou ter que ficar 4 horas esperando a queridíssima entrar no palco... NÃO! Mas por ser a louca mais incrível que eu já vi de perto. (Tirando minha mãe!)
Tudo nela é sensacional (To falando da Rita Lee, não da minha mãe)... o erotismo brochante de seus gestos e feições, seus cabelos vermelhíssimos combinando com os olhos (que até hoje eu não entendi porque estavam assim!)...
Enfim, louca! Sem perder esse feminismo do “não provoque, é cor-de-rosa choque!”. Fico eu aqui com minhas fascinações, e a Rita Lee com suas excêntricas reflexões.

19 comentários inúteis:

  1. Bom gosto a gente vê no TPM!

    Parabéns Malu, não há o que comentar, Rita dispensa comentários!

    ResponderExcluir
  2. realmente a Rita é DIVA desdo tempo que cantava vestida de noiva!!
    tento ser louca q nem ela nos meus momentos de lucides (só q sem fazer uso dos cigarrinhos do capeta)

    é isso ai Malu, depois de falar mal de alguns generos musicais, falar bem de outros tb se faz necessario!! ^^

    ResponderExcluir
  3. Mutantes nêga, Mutantes...
    Beijo linda!

    ResponderExcluir
  4. Sorte que um dia já tivemos roqueiros com R maiúsculo pra compensar a tragedia que é hoje em dia!
    Adorei Malu!

    ResponderExcluir
  5. Sorte que um dia já tivemos roqueiros com R maiúsculo pra compensar a tragedia que é hoje em dia!
    Adorei Malu!

    ResponderExcluir
  6. nossa essa foto aí de baixo da rita ta osso
    saudade dessa epoca. otimo texto

    ResponderExcluir
  7. Rita Lee é foda!!!
    Malu é fodinha!! hehe
    bjs adorei o texto

    ResponderExcluir
  8. Comentei pq não quero ser estuprado por uma big cenoura. ._.

    ResponderExcluir
  9. cara, a rita é foda! quero muito assistir a um show dela ainda ;~~
    esse post me deu vontade de escutar "meu doe vampiro" hahaha o/

    ResponderExcluir
  10. Lindissimo texto, lindissima homenagem!
    Malu mandando ver como sempre...
    A tresloucada Rita Lee veio parar no lugar certo, combina tanto q parece até
    que ela já fazia parte do cenário do
    blog!

    haha...

    ResponderExcluir
  11. PQP, Malu...
    fiquei com "meu doce vampiro" o dia IN-TEI-RO na cabeça...

    Obrigada! rs

    ResponderExcluir
  12. Roberto de Carvalho29 de outubro de 2010 11:17

    Ela é minha menina. E eu sou o menino dela. Ela é o meu amor. E eu sou o amor todinho dela.

    ResponderExcluir
  13. Excelente texto, mas eu já esperava isso! Quanto ao trocadilho horrendo, só tenho a dizer uma coisa: Eu "Ri, tá"?
    Beijoooo

    ResponderExcluir
  14. vim mandar um "NOOOSSA!" pra esse ultimo comentário... tá mandado!

    ResponderExcluir
  15. Achei lindo o seu blog, adiciomei seu banner no meu blog.

    ResponderExcluir
  16. A Rita Lee é s@da caústica na veia rs! pena que a MPB tenha ficado tão chata e careta, mas como diria nosso amigo Caetano Rita é Linda você Malu também é linda ! todos nós somos lindos ( nem todos rs!)

    ResponderExcluir
  17. "Maria Gadú e Cássia Eller pegando a Marlene Mattos no show da Ana Carolina!" aaaahahahahahaha...

    ResponderExcluir

Vai, comenta! Não dói nada!