12 de setembro de 2010

A Barata disse que tinha...


Olha só, eu aqui TRAVEZ (vide PORRA NENHUMA)!
Como já disse no twitter, esse texto é um desafio pra mim: falarei sobre baratas. Depois de revelar que é um desafio, nem preciso dizer também que tenho PAVOR dessas malditas, né? Fica redundante!
Meu pavor por essas bichinhas iniciou desde cedo, minha mãe tem medo/medo/pânico, de verdade. Ela não consegue nem falar a palvra “barata”, então começou a chamá-las de “amigas”. E isso é sério, não estou fazendo graça. Ela tem tanto medo que quando eu falo numa loja “olha, mãe, barata, né?”, ela já tá quase no teto, gritando com a vendedora “MATA, MATA, MATA!”. Visualizem isso, minha gente!
Mas, saindo da minha família e partindo para um plano mais abrangente (ui, tô clássica hoje!), eu acho muito engraçado quando as pessoas dizem que não têm medo de barata, que têm nojo, asco, pavorzinho. Ah, tá bom! Resumindo: medo!

E as mulheres sempre são relacionadas a baratas, como as que têm mais medo, o que é uma calúnia. Já conheci ‘n’ homens que MORRIAM ao ver uma barata, coisa de subir em cadeira e eu ter que pegar no braço e dizer “pára, tá feio, desce daí”. SÉRIO, minha gente! Por exemplo, o pai da querida leitora Luciana não mata baratas, tem pavor e até já acordou a mãe dela que ESTÁ GRÁVIDA no meio da noite pra que ela subisse no bidê pra matar uma putinha duma barata. Quer dizer, eu sou do sexo frágil, com certeza!



Eu discordo que somos nós, MULHERES, as mais medrosas e nojentinhas. Tá, somos, sim, MEDROSAS e NOJENTINHAS, mas não simplesmente e obviamente as MAIS. QUAL É O PROBLEMA de ter medo de barata também? Ela é feia, esquisita e algumas voam (como se não bastasse existir!). É como se você tivesse medo do Chimbinha se ele fosse o Super-Homem. Compreende?

Mas a barata é um bicho bem engraçado, não posso negar. Ela não morre em EXPLOSÕES NUCLEARES, mas morre com inseticida, ou com uma simples chinelada. UAU, hein, de que adianta resistir a uma explosão nuclear? Quem um dia pensou “nossa, lá em casa tá cheio das baratas, nem dedetização está adiantando... ah, já seeei, explosão nuclear, é isso!”. NÃAAO! Ou seja, é o mesmo que ser milionário mas só frequentar baile funk na Favela do Pezinho.

MOMENTO CURIOSIDADE (ajudada pelas lindas Lívia e Thaís): Essas putas são tão putas que podem viver até NOVE dias decapitadas (vide Aurélio) ou, se você acha pouco, também podem viver até UM MÊS sem água. Ou seja, essas merdas foram formadas na casa do Professor Xavier e vão estrelar X-MEN 5.

E o cheiro delas? É que nem comida, você sente de longe. Mas é o oposto da comida, claro. Outra coisa: não entendo quem fica com frescurinha quando falam de barata ou algo mais nojento na hora do almoço. Gente, a não ser que você esteja almoçando num boteco muito fodido, relaxe, você não vai encontrar uma delas no meio da comida. Eu garanto! Agora, se encontrar, toma álcool, é tranquilo, só pra desinfetar. Depois risca o fósforo, só pra dar aquela...Não, mentira, não risque o fósforo, foi meu instinto homicida falando mais alto.

Mas a palavra barata também é usada para outras coisas, além de preço baixo e bichinhos nojentos. Por exemplo, a clássica música “a barata da vizinha tá na minha cama”. Lamento, queridos, mas a vizinha não tem uma baratinha de estimação, barata quer dizer outra coisa nesse caso. Cabe a vocês descobrirem o quê, não sou sexóloga e nem decifradora de mensagens subliminares.

Mas o mais mais engraçado é que eu tenho medo de baratas SÓ DENTRO DE CASA, juro. Na rua, eu mato baratas que é uma beleza, na maior valentia. Bêbada então, uh! Mas não tenho dicas eficaz, no fim desse texto, para você superar a fobia de baratas ou até mesmo conseguir matar uma. Só digo uma coisa: TOME CUIDADO! Quando você menos esperar, uma aparecerá pra você. Principalmente se você tem mania de acordar de madrugada pra ir ao banheiro ou beber água. ELAS ESTARÃO LÁ, sempe rola comigo. É inconveniente PRACARALEO fazer xixi com uma barata rodeando, ou procurando em que buraco ela foi se meter. Eu já vou esperando encontrar uma e sair correndo gritando pela casa igual uma louca da madrugada!

Eu não tenho dicas, mas o HumorTadela fez um vídeo INCRÍVEL, impossível você não matar a barata depois desse roteiro do querido Paulo Faiock (via o outro querido Rodrigo). Além disso, tenho uma dica MAGNÍFICA oferecida por um comercial da bic (e me oferecida pelo também querido Renan Botelho), mas essa dica é PARA AS MULHERES: saibam como encontrar e identificar um “homem bem feito”. Assistam ao dois vídeos, vale a pena! Não que eu seja uma puta crítica sobre vídeos, mas vá por mim...


 
 

 
 
OBS: Pra esse texto sair, rolou muita coisa, muita crise criativa. E aí entram os queridos e lindos leitores do T.S. Além dos já citados no texto, agradeço a Tarsila, Bru Bastos, Fernandinha, Nay, Liz e Alice (irmã linda)

16 comentários inúteis:

  1. Nossa, eu acredito em potencial, mas o de vocês é inacreditável. Como já falei no twitter, o site está mais que lindo! Totalmente irônico e ao mesmo tempo bem humorado e isso, no meu ponto de vista, é um tesouro que vocês possuem.
    Comentando o texto: o meu pai não mata baratas também, já chegou a pedir para a minha avó, uma senhora de 76 anos, levantar para matar...gosto pra tudo nessa vida, não?
    Beijinhooo
    Amanda Barrocas

    ResponderExcluir
  2. Eu não tenho medo, tenho nojo!!...E é sério..kkkk, mato numa boa...agora se for lagartixa meu bem...peeeeeeeensa numa figura ridícula se cagando de medo, sou eu! Como sempre vcs arrebentam nos textos..sou fã mesmo, há!!!

    ResponderExcluir
  3. Meu pai tem medo! hahahaha
    juro q imaginei vc falando "ta feio..." hahahahaha. bordão oficial!
    sua mãe é igual a minha véi; por pouco nao criaram um quarto do pânico aqui em casa.
    e eu tenho uma dúvida besta: por que o ser-humano se preocupa tanto com a dominação territorial das baratas consequencia de uma possível explosão nuclear no planeta inteiro se ja nao vamos estar vivos mesmo?
    se as baratas vao dominar o planeta, deixa elas ué... vamos estar mortos mesmo!
    isso aí carolzinhaaa... ahazou bee *-*

    ResponderExcluir
  4. Uma vez estava tentando matar uma barata e ela voou, tomei a maior 'baratada' na testa... cruel.

    ResponderExcluir
  5. Como sempre Carol arrasando no texto(As outras tb,mas sou fã na carol #momentotiete)hahaha
    Eu tenho pavor,medo,nojo...de barata. Uma vez abri a porta do meu quarto,qs 00:00hrs,dei de cara com uma voadora vindo na minha direção,imagina o escandalo?! hahaha Minha mãe qs morreu de susto achando que era alguém dentro de casa hahaha
    Bjooo

    ResponderExcluir
  6. Eu li o texto toda arrepiada! Eu tenho pavor e morei sozinha em Orlando com uma prima minha por um ano e meio. E em Orlando tem mais barata do que produtos da Disney! Uma vez ficamos mais de uma hora pra matar uma que não morria de jeito nenhum e era gigante. Chegamos a ficar horas fora de casa so pra não ter que lidar com elas! Enfim, sei que eu aplaudo as pessoas machas do mundo que não tem problema algum com isso!

    ResponderExcluir
  7. Ficou MUITO FODA!!!!

    Parabéns Carol!

    Beijos!

    Renan Botelho

    ResponderExcluir
  8. Ótimo texto Carol...pior do que as baratas são esses caras que dão show na presença de uma... --'
    Ri muito, e foda-se...ter medo só significa que a gente é normal... ;D
    Bjos, @NanaAltrix

    ResponderExcluir
  9. medo? q é isso...
    imagina o meu desespero qdo fui passar uma semana em santos (litoral d sp) e o ap q agnt (eu e minha mãe-as pessoas q + tem medo d barata do mundo) ia ficar era logo em cima do lugar ond ficava td o lixo do prédio! #panicogeral pra todo lugar q olhávamos, tinha uma dessas criaturinhas nojentas e inúteis (sério, alguem me diz a razão na cadaeia alimentar e no equilibrio das espécies apara elas exixtirem? pq não simplesmente sumimos com elas? ) ai tivemos q comprar um monte de insetcida e mata-baratas no supermercado. #tenso
    não é a toa, o meu maior pesadelo é q milhares delas saiam d baixo da minha cama enqto eu durmo (sério, já tive noites mal dormidas por causa disso).

    mas sua opinião ficou mto bem explicada Carol!
    amei tb os vídeos(a propaganda eu adorei logo q lançou)

    sucesso pro blog d humor + original d tds!!

    ResponderExcluir
  10. caralho, q coment gigante esse meu, né?
    nem precisa ler td. é só olhar as últimas linhas. =P
    (eu,. puxa saco? q é isso! rsrs )

    ResponderExcluir
  11. kkkk... olha lá minha marca... risada... adorei o texto, adorei ter colaborado( um pouquinho)... estou sempre à disposição... bjs

    ResponderExcluir
  12. É como se você tivesse medo do Chimbinha se ele fosse o Super-Homem



    serio, casa comigo.
    juro q mato todas as baratas que aparecerem no nosso ninho de amor. mesmo sendo do tipo que corre pra rua caso apareça uma barato no quarto.

    ResponderExcluir
  13. Engraçado como quem tem talento sempre se supera, seja pra falar do que for...

    Como eu havia dito antes Carol, o texto tá massa, tá a sua cara (não que vc tenha cara de barata!) haha!

    Espero ansiosa pelo próximo post.

    beeejo!

    ResponderExcluir
  14. Nossa Carol, gostei muito desse texto, todo um estudo em cima desses bichinhos infernais! é por causa de textos assim que eu continuo lendo o blog toda semana :)

    parabens gente

    @sabrinacoutinho

    ResponderExcluir
  15. meu pai disfarça, finge que a barata não o incomoda, mas também não mata! meu irmão SE CAGA de medo! e eu... bem, eu finjo que estou matando, faço MUITO barulho até minha avó acordar e se oferecer pra me ajudar! :D acontece.

    ResponderExcluir
  16. Coitadinha das baratas, é mais facil elas morrerem de medo de nos
    seres humanos super maiores do que elas, do q nos termos medo desses
    bichinhos tão pequenos... Mas pra que
    elas precisam ser tao feias, vir do esgoto e ainda por cima voar???
    Arrazou Carolzinha!
    "Só digo uma coisa: TOME CUIDADO! Quando você menos esperar, uma aparecerá pra você.ELAS ESTARÃO LÁ, sempe rola comigo. "

    choreeeeei kkk

    beeijooos

    ResponderExcluir

Vai, comenta! Não dói nada!